domingo, 21 de agosto de 2011

O acaso não protege quem anda distraído...




Comecei muito bem minha semana: acordei cedo, antes de todos. Meditei, alonguei, tomei meu café, fui conferir notícias e blogs que curto. Começar o dia sem correria não tem preço... Mas fazer isso num domingo, para mim, tem sabor especial e me traz bons presságios para a semana que inicia. Recomeço, potencialidade, onde tudo posso e tudo consigo. É também um bom dia para pensar sobre minha vida, os rumos que estou dando a ela e de planejar minha semana. Tudo isso é muito bom quando acontece nessa ordem, mas nem sempre é assim...

Desde quarta, quando coloquei o blog no ar, não o atualizo. De certa forma, foi esse receio que me tirou um pouco o incentivo de manter um, de não atualizá-lo diariamente, ou com mais frequência. Mas, especialmente nos últimos dias, estou aprendendo que se a gente não faz não acontece. Tem coisas maravilhosas que ficam anos a fio no papel e não são colocadas em prática, simplesmente porque não temos ânimo, coragem, força, tempo (ou tudo isso junto). Ou porque nos dizem que pode não dar certo e acreditamos.

São os sabotadores e o pior de todos, nós mesmos nos sabotando. Fazemos isso o tempo todo. É preciso manter muito a cabeça no lugar para não sucumbir e desistir. Especialmente para mim, que tenho extrema dificuldade de me organizar e de concentração, a diligência tem que ser redobrada. É preciso muita meditação, autoafirmação e confiança no meu taco para seguir em frente e colocar tudo para funcionar. E tem dado certo. Nessa semana mesmo, comecei novo caminho profissional paralelo. Uma coisa que, até então, era um hobby extremamente prazeiroso: cozinhar. Fiz uma vez, coloquei para teste, no trabalho do maridão, depois fiz de novo. Resultado: vendeu toda a produção. Isso deu novo fôlego às coisas e me mostrou onde investir de forma diversificada recursos e energia, sem abandonar o que já estou fazendo, mas acrescentando, fazendo "o bolo" crescer.

O título desse post é uma frase que sempre repito... É preciso se manter alerta, sempre. Viver acordada. Seja para entender quando surgem oportunidades ou para perceber o perigo, quando ele acontece. Para ver de verdade o mundo à nossa volta, sentir com os cinco sentidos, viver intensamente e direcionar sua mente para trabalhar em cima do que é interessante a você, não permitindo-se sabotar com pensamentos que em nada ajudam e medos que paralisam. É acreditar em milagres quando se precisa deles (E acontecem, viu?), mas também fazer sua parte, fazer a roda girar, sempre em frente. Deixa a distração para os momentos de recreio, rs.

Bom domingo para todos nós!!!


Domingão nublado é bom pra pensar, rs...

Um comentário:

Um espaço pra chamar de meu disse...

adorei o post...tudo verdade...
eu tenho adiado muitas coisas na minha vida,e acho q por vezes me saboto tbém...bjs,fique com Deus!!!!

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...